Reaberto em 2015, com a mesma Gerência

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

A caminho da Terra do Nunca...

Para os mais familiarizados com as histórias infantis, a Terra do Nunca é um local mítico, um oásis de bem-estar e felicidade eterna. Lá, vigoram as leis da brincadeira, feitas jurisprudência por Peter Pan, essa eterna criança, feita à imagem de todos nós, que se recusa a crescer, continuando no seu mundo de faz de conta...

Neste guia da boa vida, vejo-me novamente empossado num papel que deveria ser do Pedro. Porquê? Simples, meus caros. "Elementar", responderia o Dr. Watson, o fiel escudeiro do mais brilhante detective de terras de Sua Majestade, Sherlock Holmes. O local de que vos vou falar faz inveja à Terra do Nunca. E, apesar da minha ânsia em lá ir, o Pedro chegou primeiro. Confusos? Fala-vos da terra do abracadabra...

O regresso à escola (e ao trabalho) fica mais fácil quando temos a possibilidade de fazer pequenas fugas à rotina. E que tal fazê-lo em grande estilo, aproveitando as comemorações do 15.º aniversário da Disneyland Paris para marcar um fim-de-semana no reino da magia e descobrir as novidades do Nemo e seus amigos?

É sobretudo um território de contradições. Por exemplo, já se imaginou a viajar na carapaça de uma tartaruga, ou embarcar e ser largado a pique num carril e entrar no Crush’s Coaster, o “emocionante mundo de Nemo”?, Se isto não o convence, que tal uma odisseia subaquática tirada livremente do imaginário de Júlio Verne e das Vinte Mil Léguas Submarinas?

Provavelmente, irá arrepender-se. A "Crush's Coaster" é a última e mais concorrida atracção do parque, concorrendo em popularidade com o "Space Mountain", a tal que reproduz na perfeição uma descolagem do Cabo Canaveral. Mas a "Crush's" é, segundo a publicidade, uma viagem épica, marcante, mergulhando de cabeça em pleno filme do Nemo, com direito a recifes de coral, florestas de medusas suspensas, redemoinhos e, claro está, ao ataque de peixes predadores...

Se a viagem frenética pelo mundo marinho encantado de Nemo não faz a sua ideia de descanso idílico, não se preocupe. A oferta é vasta, permitindo mudar de cenário como se fizesse zapping num qualquer comando de TV. Pode treinar as suas habilidades de Fangio ao volante de um carro, saído directamente do imaginário do filme com o nome homónimo (Cars), acelerando pela mítica route 66, competindo com o Faísca McQueen, ou simplesmente deixar-se ir, na corrente de corpos humanos, descobrindo cada esquina, cada atracção, num parque que parece nunca mais acabar...

Acima de tudo, parece que quem lá vai regressa com um beatífico sorriso, com o prazer estampado debochadamente no rosto e o extâse nos olhos, com o regresso à infância a operar maravilhas no humor...

> Como ir

O pacote convencional comercializado pelas principais agências de viagens nacionais para a Disneyland Resort Paris inclui bilhete de avião da Air France de ida e volta a partir de Lisboa (taxas de avião excluídas); duas noites de estadia no Disney’s Hotel Santa Fé com pequeno-almoço incluído; e três dias de entradas no Parques Disney (além de IVA, taxas hoteleiras, de turismo e seguro multiviagens). Há preços desde 437 € por adulto e 281 € por criança (base de ocupação: dois adultos e duas crianças, entre os 7 e os 11 anos, inclusive, alojados no mesmo quarto)

– o alojamento e a entrada nos parques são gratuitos para crianças menores de 7 anos durante todo o ano de celebração do 15.º aniversário da Disneyland Paris. Mais informações nas brochuras de MundoVip, Top Atlântico, TapTours e Abreu. Nos dois principais aeroportos de Paris (Charles de Gaulle ou Orly), existem carreiras regulares de autocarros da Disneyland Paris, que fazem as ligações aos vários hotéis do resort. Mais informações em http://www.disneylandparis.com/

> A não perder

Durante as celebrações do 15.º aniversário, e todas as tardes, terá lugar um novo desfile – Disney’s Once Upon a Dream –, com o Mickey a liderar a marcha. O desfile é composto por oito carruagens, onde figuram, além do famoso rato, a Minnie (ambos a voar num balão), o Donald, o Pateta, o Pluto, o Tico e o Teco. O visitante pode ainda encontrar-se com as suas personagens de eleição no Disney Character’s Express, ou seja, posar ao lado dos heróis da Disney, e assistir aos espectáculos de luzes do Disney’s Candlebration e Wishes, este último um impressionante espectáculo pirotécnico. Nota: as celebrações mantêm-se até Março de 2008.De 6 de Outubro a 4 de Novembro, a Disneyland Resort Paris enfeita-se a rigor (e de laranja!) para receber o Halloween, dando destaque aos Homens- -Abóbora, às Bruxas Rosa e aos vilões da Disney.

> Novidades

Crush’s Coaster – montanha-russa baseada no filme Disney/Pixar À Procura de Nemo. Os visitantes sobem a bordo da carapaça gigante de uma tartaruga e entram no mundo de Nemo e da sua amiga, a tartaruga Crush. Trata-se de um sofisticado jogo de luzes, efeitos sonoros e visuais que recriam o remoinho da Corrente Australiana do Este. Destina-se a todas as idades.

Cars Race Rally – Reprodução espantosa da famosa Route 66. Durante a corrida, aparecem ao barulho as caras famosas do filme Cars. A animação decorre na paisagem desértica que rodeia o Canyon Ornament Valley.

Ratatui – Remy é a estrela do filme homónimo, um rato adorável que sonha tornar-se chef de um restaurante gourmet. O rato e o irmão, Emile, percorrem o parque a dar autógrafos e são as vedetas do momento.

Disney Cinema Parade – Oportunidade para conhecer o mundo do cinema Disney, com um desfile de carros alegóricos, do Rei Leão aos 101 Dálmatas, da Mary Poppins ao Pinóquio.

> Não deixe ainda de fazer…

• Sobrevoar os telhados de Londres no Peter Pan’s Flight ou viajar a bordo de Dumbo, o elefante voador.

• Juntar-se à trupe dos Piratas das Caraíbas ou Capitão Hook, na praia da Caveira.

• Visitar a aldeia índia de Pocahontas ou o labirinto de Alice no País das Maravilhas.

• Assistir aos lendários espectáculos do Rei Leão, Tarzan ou de Winnie e os seus amigos.

• Entrar na cápsula da Space Mountain e sentir a adrenalina dos astronautas em missão espacial.

Toca a fazer as malas e a divertir-se à grande!

9 comentários:

catia samora disse...

ó para mim tão pequenina k me apetece lá ir:)
K rica ideia essa de passear num retrocesso ao tempo das brincadeiras. E essas atracções são apelativas.

ana margarida melrinho disse...

Mágico! É esse o nome do destino aqui retratado. Não existem barreiras de idades para os sonhos, por isso é mesmo para míudos e graúdos. Adorei!

madalena brandão disse...

Sonho sucessivamente adiado. Aposto que é um lugar único, mesmo a condizer com o título...

Beijos,

Jorge Ribeiro disse...

Admirável muno esse, feito de fantasia e realidade alternativa, mas capaz de maravilhar todos que por lá passam. Apesar da idade o parque temático tem sabido manter-se na vanguarda e a continuar a cativar novos publicos. Aliás, acho que seria uma boa temática para um futuro artigo, sobre estes parques temáticos. Fica a sugestão.

luis ribeiro disse...

Para o ano estamos lá com os putos, conforme combinado, não é?
Acho que vou gostar mais daquilo que o Gui:)

Boa sorte pro jogo!

Paulo Pereira disse...

A ideia já anda a fermentar a algum tempo, mas não me parece k 2008 seja o ANO. A minha taxa de esforço está abaixo da linha de água...

E gracias pela boa sorte, mas ela não é recíproca:) Sou do Celtic desde pequenino!

maria rosário disse...

A Disneylandia é como os livros do Tintim: dos 8 aos 88. Sem limites de idade, desde que a imaginação e fantasia qure cada um tem dê para isso. Deve ser único, um local mágico.

BRUNO ROCHA disse...

Ai a Disne de france....faz mais de 2 anos k la passei 2 noites e 3 dias bem passados..Para aventureiros façam como eu e vao de carro é divertido também...deixem o aviao em casa.
Aviso 3 dias para ver este mundo de sonho é desgastante e é uma correria..mas deve ser contunod um daqueles sitios que nao devemos deixar de ir..Eu penso em la voltar quando os ganapos forem mais crescidos..EHEHEH

cristina monteiro disse...

Vou fazer como o Bruno. Um dia destes vai tudo para o carro a lá vamos nós a caminho da Disney. O parque, pela amostra, é magnífico com a aventura da moda a fazer de Nemo a deliciar tanto miudos como os mais crescidos.

Beijos